Após polêmica em GP de Abu Dhabi, FIA anunciará plano de ação

14 de fevereiro de 2022 565 visualizações
Postado 2022/02/14 at 5:05 PM
Foto: Hamad I Mohammed

O recém-eleito presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Mohammed Ben Sulayem, irá revelar nos próximos dias um plano de ação com informações sobre mudanças estruturais após a polêmica com a entrada do safety car no Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1 do ano passado, afirmou a entidade que comanda a categoria nesta segunda-feira (14).

O ex-piloto de rally dos Emirados Árabes, que foi eleito o primeiro presidente não-europeu da FIA em dezembro, liderou “discussões detalhadas” sobre a corrida em uma reunião da Comissão da Fórmula 1 nesta segunda-feira (14), afirmou a entidade sediada em Paris em um comunicado.

“O feedback da Comissão sobre questões levantadas será incorporado na análise do presidente, e ele irá apresentar publicamente as notícias sobre mudanças estruturais e o plano de ação nos próximos dias”, acrescenta a nota.

A última prova da temporada de 2021, o Grande Prêmio de Abu Dhabi, terminou de maneira controversa após o diretor da prova Michael Masi alterar o protocolo do safety car, que moveu e tirou do caminho apenas os retardatários, entre o então líder da corrida Lewis Hamilton e o segundo colocado Max Verstappen, após um acidente no final da prova.

A decisão provocou uma disputa direta entre os dois rivais e permitiu que Verstappen, com pneus mais novos, passasse Hamilton na última volta, tirando do britânico o oitavo e inédito título na categoria.

O futuro de Masi tem sido alvo de especulações, mas há informações de que as tarefas do australiano possam ser divididas para que sua carga de trabalho seja reduzida.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar