Bebê de um mês morre por dengue em MS; primeiro óbito pela doença em 2024

A vítima era uma menina, não comorbidades e morreu cinco dias após os primeiros sintomas.

21 de fevereiro de 2024 87 visualizações
Postado 2024/02/21 at 9:59 AM
Foto: Getty Images

Uma bebê, de apenas um mês, é a primeira morte por dengue registrada em 2024 em Mato Grosso do Sul, conforme o boletim epidemiológico da doença, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A vítima, que não teve a identidade revelada, morava em Maracaju (MS) – a 159 quilômetros de Campo Grande.

Segundo os dados divulgados pela SES, a criança era uma menina, não apresentava comorbidades e morreu no dia 31 de janeiro, cinco dias após os primeiros sintomas da doença. Outros dois óbitos estão em investigação pela pasta da Saúde.

A Prefeitura de Maracaju emitiu uma nota de pesar e lamentou a morte da criança de apenas 42 dias de vida. O município pede apoio da comunidade no combate ao aedes aegypti. “A Secretaria de Saúde informa que lamenta essa perda irreparável e reforça as ações já em curso desde janeiro para o enfrentamento da dengue”, diz o comunicado.

Neste ano, 3.207 casos prováveis de serem dengue estão sendo investigados em Mato Grosso do Sul.

Como evitar a dengue?

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica divulgou orientações para evitar a proliferação do mosquito. O importante é não deixar água parada, para que o inseto não consiga se reproduzir.

  • Evite usar pratos nos vasos de plantas – se usá-los, coloque areia até a borda;
  • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
  • Mantenha lixeiras tampadas;
  • Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
  • Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
  • Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
  • Mantenha ralos fechados e desentupidos;
  • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
  • Retire a água acumulada em lajes;
  • Dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
  • Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
  • Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;
  • Denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde;

Caso apresente sintomas de dengue, febre de chikungunya ou vírus da zika, procure uma unidade de saúde para o atendimento

Principais sintomas

  • Febre alta > 38°C
  • Dor no corpo e articulações
  • Dor atrás dos olhos
  • Mal estar
  • Falta de apetite
  • Dor de cabeça
  • Manchas vermelhas no corpo

A infecção também pode ser assintomática ou apresentar quadro leve. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, náuseas, vômitos persistentes e sangramento de mucosas.

Fonte: G1

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar