Bolsonaro: Acredito que essas sanções econômicas dificilmente prosperem

1 de março de 2022 417 visualizações
Postado 2022/03/01 at 5:47 AM
Foto: Anderson Riedel/PR/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (PL), afirmou em entrevista à Rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira, 28, que dificilmente as sanções econômicas impostas à Rússia devem prosperar, e que caso permaneçam poderão prejudicar o agronegócio brasileiro.

Para o presidente, as sanções econômicas impostas à Rússia esbarram nos interesses internos dos outros países. “Acredito que essas sanções econômicas dificilmente prosperem, tendo em vista os próprios interesses dos países. E, se tiver sanções econômicas, o nosso agronegócio será seriamente afetado”, afirmou.

Bolsonaro disse ainda que não se deve resolver um problema e criar outros. “Nenhum país quer que as sanções os atinjam, o Brasil não é diferente. Estamos trabalhando como nosso embaixador Ronaldo Costa, de modo que o Brasil não seja prejudicado nessa questão”, porque se prejudicar o nosso agronegócio, como fica nossa segurança alimentar? Sem fertilizante no Brasil você de imediato perde a produtividade. E a inflação de alimentos?”, indagou.

O presidente também disse que no momento “não tenho o que conversar com ele Volodymyr Zelensky. Eu lamento aqui, se depender de mim não teremos guerra no mundo”.

Fonte: Estadão Conteúdo

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar