Caio Bonfim é ouro e faz índice olímpico para Paris

Brasil também subiu ao pódio de Varsóvia com prata de Érica Sena

24 de abril de 2023 395 visualizações
Postado 2023/04/24 at 2:14 PM
Foto: Reprodução Twitter/Time Brasil

O brasiliense Caio Bonfim assegurou neste domingo (23) a chance de participar pela quarta vez de uma edição da Olimpíada. Ele superou o índice mínimo (1min20s10) na etapa de Varsóvia (Polônia) do circuito mundial de marcha atlética, ao vencer a prova dos 20 quilômetros em 1min19s23, o que lhe valeu a medalha de ouro. Quem também brilhou foi a pernambucana Érica Sena, com prata na disputa feminina dos 20km, ao completar o percurso e 1min30s19.

O índice olímpico da modalidade é estabelecido pela World Athletics (Federação Internacional de Atletismo). As vagas para Paris 2024 são nominais e o prazo para a obtenção do índice termina em 20 de junho de 2024. Caio Bonfim fez o melhor tempo no 2º Korzeniowski Warsaw Race Walking, disputado em volta do Estádio Nacional de Varsóvia, deixando para trás o equatoriano Brian Pintado, que levou a prata (1min19s:58) e o mexicano Isaac Palma ficou com o bronze (1min21s47).

“O trabalho que a gente vem fazendo com o Caio é de longa data e embora ainda jovem para a marcha atlética ele vai estar em sua quarta Olimpíada. É um resultado para se comemorar, marchar abaixo de 1h20, com vento, calor, circuito novo – eu só conseguia vê-lo a 100 metros, quando passava pelo posto de abastecimento… Foi ótimo resultado, excelente para início de temporada”, comemorou Gianetti Sena Bonfim, treinadora do atleta, que já havia faturado a prata ao estrear na etapa de Dudince (Eslováquia) do circuito mundial.

Na disputa feminina, Érica Sena passou perto do índice mínimo olímpico para mulheres (1min29s20) e por pouco não conquista o ouro, que ficou com a peruana Kimberly Garcia (1min30s16). O terceiro lugar foi da alemã Saskia Feige (1min31s25)

“Fiz 1mins30s19 e estou muito feliz por ter ido tão bem na prova. O circuito é difícil porque parece que você está sempre em curva, contornando o estádio”, disse a pernambucana, que ainda vai disputar o GP de Rio Maior (Portugal) e o de La Coruña (Espanha).

Ainda na disputa feminina, o Brasil contou com Gabriela Muniz, que ficou em sétimo lugar, com o tempo de 1min35s37.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar