Covid-19: Estado do Rio deve flexibilizar uso de máscaras

3 de março de 2022 13 visualizações
Postado 2022/03/03 at 3:24 PM
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O governo do estado do Rio de Janeiro vai flexibilizar a obrigatoriedade do uso de máscaras protetoras contra a covid-19 em ambientes fechados. Um decreto com as novas medidas protetivas para enfrentamento da pandemia deve ser publicado ainda hoje (3). A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Acrescentou que cada município deve decidir sobre a questão. O secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, explicou que a medida foi tomada em razão do avanço da cobertura vacinal e da diminuição no número de novos casos, porém, com muita diferença na situação epidemiológica entre as cidades.

“Essa decisão também foi adotada em função desse cenário heterogêneo entre os municípios. Tem cidades com indicadores epidemiológicos muito baixos e outros saindo agora da quarta onda de covid-19. Portanto, a partir do decreto, as secretarias municipais de Saúde, através de ato normativo próprio, podem definir se a máscara será ou não obrigatória em ambientes fechados dentro de seu território”, explicou Chieppe.

A Secretaria de Saúde informou que vai continuar monitorando os indicadores, bem como fará a atualização semanal do Mapa de Risco de contágio por covid-19 por região e por município, para subsidiar as decisões do Poder Executivo municipal. Na última atualização, de sexta-feira passada (25), a região nordeste do estado do Rio estava em vermelho, com risco alto, e o centro-sul em laranja, de risco médio. As demais regiões se encontram em amarelo, de baixo risco de contágio pela doença.

Conflito

A secretaria poderá determinar a permanência do uso obrigatório em municípios determinados, a depender do cenário epidemiológico. Em caso de conflito entre regras estadual e municipal, vale a norma mais restritiva e as medidas podem ser revistas em função do andamento da pandemia no estado. Chieppe destacou que, quem preferir, pode seguir usando o equipamento de proteção individual.

“Importante deixar claro que, independente da decisão tomada pelas secretarias municipais de saúde, a pessoa que quiser manter o uso da máscara pode assim fazê-lo. Importante salientar também que a gente recomenda que as pessoas com sinais e sintomas respiratórios, que eventualmente forem entrar em contato com outras pessoas, que mantenham o uso da máscara”, argumentou.

A prefeitura do Rio de Janeiro informou que deve decidir sobre a flexibilização do uso de máscaras em ambientes fechados na próxima reunião do Comitê Científico, marcada para segunda-feira (7)

O Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz, indica que o estado está com o registro de 2,5 mil novos casos por dia, na média móvel de sete dias, após o pico de 25,5 mil registrado no dia 25 de janeiro. Os óbitos estão em 55,7 na média móvel, depois do último pico de 91 óbitos por dia na média móvel anotado no dia 11 de fevereiro. O estado chegou a registrar um mínimo de 4,7 óbitos por covid-19 na média móvel no dia 11 de janeiro.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo

Navegue