Dorival diz que São Paulo deve demorar para definir situação de Pato: ‘É muito cedo’

15 de maio de 2023 406 visualizações
Postado 2023/05/15 at 10:43 AM

A possibilidade de ter Alexandre Pato como reforço no São Paulo é tratada com muita paciência pelo treinador Dorival Júnior. O atacante de 33 anos está usando o CT do clube para se recuperar de uma cirurgia no joelho direito e mantém conversas com a diretoria para fechar um contrato, mas tal desfecho, segundo Dorival, não está tão perto de acontecer.

“Nós estamos acompanhando a evolução. Não podemos ter pressa, a diretoria está atenta ao mercado. Sabe das condições do Pato, sabemos do momento certo para poder iniciar um diálogo. Está muito bem administrado tudo isso. Como atleta, temos quase que um contato diário com ele, a gente vai acompanhando a evolução. Ainda é muito cedo”, disse o técnico são-paulino após o empate por 1 a 1 com o Corinthians na Neo Química Arena.

Pato sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito em setembro do ano passado, quando atuava pelo Orlando City, dos Estados Unidos. Deixou o time americano em novembro e está sem clube desde então. Em fevereiro deste ano, deu início ao trabalho de recuperação no CT da Barra Funda, situação que despertou nos torcedores a expectativa de ter o jogador de volta ao time.

O atacante continua aprimorando a parte física, em fase de transição e sob observação dos profissionais são-paulinos. “O Pato, para este primeiro momento, não tem como falar porque vai ter uma demora para que ele esteja recuperado, eu falo isso fisicamente. Até para respeitarmos os prazos para uma recuperação completa de uma lesão tão grave”, destacou Dorival.

Caso a assinatura de contrato se concretize, será a terceira passagem de Alexandre Pato pelo Paulo. Ele defendeu o clube pela primeira vez entre 2014 e 2015, emprestado pelo rival Corinthians, antes de ir para o Chelsea. Após defender Villarreal e Tianjin Tianhai, da China, voltou para o time tricolor em 2019. A segunda passagem terminou em agosto de 2020, com rescisão de contrato.

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar