Filhote de lobo-guará já pode ser visitada no Zoológico

De espécie típica do Cerrado, Atena nasceu em maio e ficou um período em adaptação, recebendo os cuidados necessários

26 de julho de 2023 368 visualizações
Postado 2023/07/26 at 3:47 PM
Foto: Divulgação/Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Visitantes do Zoológico de Brasília já podem conhecer a filhote de lobo-guará chamada Atena. Ela nasceu em 22 de maio e estava em período de adaptação, recebendo cuidados neonatais.

A espécie é típica do Cerrado e está ameaçada de extinção. Por não se reproduzir em qualquer ambiente, o nascimento do filhote foi muito comemorado pela equipe do Zoológico.

“O lobo-guará está em extinção pela perda de habitat natural em decorrência da expansão de áreas agrícolas e urbanas. Então, o nascimento de um filhote é sempre uma vitória para nós e para a conservação das espécies”, explicou Lúcia Magalhães, superintendente de conservação e pesquisa do Zoológico de Brasília.

A filhote está em um recinto reservado com muita ambientação e espaço para tomar sol. Ela tem uma alimentação balanceada, acompanhada por especialistas, e passa por exames para checar a saúde, tamanho e peso.

Votação

Em julho, a Fundação Jardim Zoológico de Brasília fez uma votação para decidir o nome da lobinha. A enquete teve mais 5 mil votos e o nome escolhido pelo público foi Atena.

Horário de funcionamento

O Zoológico funciona de terça-feira a domingo, das 8h30 às 17h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Nas terças, quartas e quintas-feiras que não sejam feriados, adultos e crianças acima de 12 anos pagam meia. Aquelas com até 5 anos são isentas, bem como pessoas com deficiência e acompanhantes, em todos os dias.

De sexta-feira a domingo, pagam meia: crianças de 6 a 12 anos, estudantes (com carteira estudantil vigente), beneficiários de programas sociais do governo (mediante apresentação de carteira do benefício e documento de identidade oficial) e acompanhantes, professores (com carteira funcional) e idosos (quem tem mais de 60 anos).

*Com informações da Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fonte: Agência Brasília

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar