Grileiros são alvos de operação após tentarem lucrar R$ 4 milhões

9 de maio de 2023 432 visualizações
Postado 2023/05/09 at 10:56 AM

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), nesta terça-feira (9), deflagrou a Operação Ville Cerrado para reprimir uma associação criminosa que atua nos crimes de parcelamento irregular do solo e dano ambiental no DF.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Vicente Pires e Taguatinga; nas residências dos investigados e em um imóvel comercial.
Nos locais, foram apreendidos diversos documentos relacionados ao loteamento irregular, além de computadores, celulares e material publicitário de divulgação do Condomínio Villa Cerrado.

Segundo a Delegacia de Combate à Ocupação Irregular do Solo e aos Crimes contra a Ordem Urbanística e o Meio Ambiente (Dema), as investigações do loteamento irregular foram iniciadas no final do ano passado, quando foi descoberta a atuação do grupo criminoso que pretendia implementar o condomínio de lotes na Rodovia DF- 140, Núcleo Rural Ofício Barreiros, Acesso II, região localizada no Jardim Botânico.

Os grileiros queriam, ainda, dividir o imóvel em aproximadamente 30 lotes, de 400 metros quadrados, cada, para revender e lucrar pelo menos R$ 4 milhões. De acordo com o delegado-chefe da Dema, Haendel Fonseca, as investigações prosseguem para analisar o material apreendido que indicam, ainda, um possível crime de lavagem de capitais.

A ação foi desencadeada pela equipe da Delegacia de Combate à Ocupação Irregular do Solo e aos Crimes contra a Ordem Urbanística e o Meio Ambiente (Dema) e contou com o apoio do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Tag
Compartilhar esse Artigo
Pesquisar