Média móvel de mortes pela covid no Brasil volta a cair e chega a 295

23 de março de 2022 11 visualizações
Postado 2022/03/23 at 10:02 PM
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O Brasil registrou 294 novas mortes pela covid-19 nesta quarta-feira, 23. A média semanal de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 295, retomando a tendência de queda após ter ficado acima de 300 na véspera.

O número de novas infecções notificadas foi de 45.471, enquanto a média móvel de testes positivos na última semana é de 36.110. No total, o Brasil tem 658.067 mortos e 29.729.157 casos da doença.

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadãog1O GloboExtraFolha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 28,3 milhões de pessoas se recuperaram da doença.

São Paulo registrou 97 vítimas e 9,3 mil novos casos do coronavírus nesta quarta, o maior total do País. Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Roraima e Tocantins não notificaram mortes pela pandemia nas últimas 24 horas.

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho de 2020, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

O Ministério da Saúde informou que foram registrados 47,3 mil novos casos e mais 302 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas No total, segundo a pasta, são 29.729.991 pessoas infectadas e 657.998 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Vacinação

O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose contra a covid-19 no Brasil chegou nesta quarta-feira, 23, a 175.205 068, o equivalente a 81,6% da população total. Em relação à dose de reforço, o País ultrapassou hoje a marca de 74 milhões. Nas últimas 24 horas, 66.055 pessoas receberam a primeira dose da vacina, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto a secretarias de 26 Estados e Distrito Federal

Entre os mais de 175 milhões de vacinados, 159.506 milhões receberam a segunda dose, o que representa 74,25% da população com a imunização completa contra o novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, 460.106 pessoas receberam essa dose de reforço. Somando as vacinas de primeira e segunda dose aplicadas, além da terceira de reforço, o Brasil administrou 685.630 doses nesta quinta-feira. Já em relação à vacinação pediátrica (para crianças de 5 a 11 anos), o Brasil chegou a 10.242.660 doses, o equivalente a 49,96% deste público.

Em termos proporcionais, Piauí é o Estado que mais vacinou sua população até aqui: 92,31% dos habitantes receberam ao menos a primeira dose. A porcentagem mais baixa é encontrada em Roraima, onde 62,01% receberam a vacina. Em números absolutos, o maior número de vacinados com a primeira dose está em São Paulo (41 milhões), seguido por Minas Gerais (17 milhões) e Rio de Janeiro (13 milhões).

Fonte: Estadão Conteúdo

Compartilhar esse Artigo

Navegue