MPF quer informações sobre retirada de garimpeiros da TI Yanomami

Ofício foi enviado nesta segunda-feira (15) ao governo federal

16 de maio de 2023 383 visualizações
Postado 2023/05/16 at 6:33 PM
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) em Roraima pediu informações a órgãos do governo federal sobre a retirada de garimpeiros da Terra Indígena Yanomami.

Em ofício enviado nesta segunda-feira (15) aos órgãos, o MPF requer ainda informações sobre a reabertura de postos de assistência de saúde e as ações de logística que estão sendo realizadas em cinco meses de operação de desintrusão.

No entendimento do procurador da República Alisson Marugal, “apesar do êxito da operação” para impedir as atividades de mineração na região da terra indígena, ainda há presença de garimpeiros em áreas isoladas, fato que tem causado violência contra as comunidades indígenas.

No início deste mês, a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, disse que, apesar de a maioria dos pontos de garimpo já ter sido desativada, monitoramento de satélites ainda identifica atividade de garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami.

Segundo a ministra, de 75% a 80% dos garimpeiros que ocupavam a região já saíram do local.

Estão envolvidos na operação os ministérios da Defesa, do Meio Ambiente, dos Povos Indígenas, além da Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar