Netflix testa forma de cobrar por compartilhamento de perfis

17 de março de 2022 15 visualizações
Postado 2022/03/17 at 10:07 AM
Reprodução

Netflix vai começar a testar, em três mercados latinos (Peru, Costa Rica e Chile) uma nova funcionalidade que visa regulamentar o compartilhamento de perfis entre indivíduos que moram em residências diferentes – uma prática bastante comum, mas até hoje realizada de maneira teoricamente ilegal, segundo os Termos de Serviço da plataforma.

De acordo com a Variety, a funcionalidade vai se chamar “adicione um membro extra”, e vai permitir que o usuário principal crie um novo perfil para o indivíduo de fora de sua residência, permitindo assim que ele tenha seu próprio login e senha, assim como recomendações personalizadas do algoritmo.

A opção vai custar US$ 3,99 na Costa Rica, 7,9 Soles no Peru, e 2380 pesos chilenos – valor equivalente a R$ 15, em todas as conversões.

Chengyi Long, diretora de inovação da Netflix, relatou em um post no blog oficial da plataforma que essa nova ferramenta pode ou não ser expandida para outros mercados após o teste nesses três territórios. “Vamos tentar entender o quanto os nossos assinantes acharam essa funcionalidade útil nesses países“, explicou.

“Sempre quisemos facilitar o compartilhamento da conta da Netflix entre pessoas que moram juntas, e por isso desenvolvemos opções como a criação de perfis diferentes e a possibilidade de streaming em várias telas simultâneas. Embora essas opções sejam enormemente populares, elas também criaram algumas confusões sobre quando e como a sua conta da Netflix pode ser compartilhada“, disse ainda.

Fonte: Omelete

Compartilhar esse Artigo

Navegue