Novo sistema de acesso agiliza descarte de restos de construção

12 de fevereiro de 2022 531 visualizações
Postado 2022/02/12 at 5:07 PM
Foto: Divulgação/SLU

A equipe de mobilização do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) esteve, ao longo dessa semana, na Unidade de Recebimento de Entulhos (URE), no antigo lixão da Estrutural, para orientar motoristas sobre o novo sistema de acesso implantado no local, o Destino Rápido. A partir de segunda-feira (14), apenas motoristas cadastrados poderão entrar no local para fazer o descarte de restos da construção civil (RCC).

No site do SLU, as transportadoras e os motoristas podem acessar um tutorial que explica o passo a passo para utilizar o sistema.

O objetivo do aplicativo é aumentar a agilidade no acesso dos mais de 800 caminhões que chegam todos os dias à URE. Até então, cada motorista, na hora da pesagem, tinha que informar os dados do veículo e dos resíduos pessoalmente. Com o sistema digital, tudo isso será informatizado e o tempo de acesso à unidade pode ser de apenas 40 segundos.

A coordenadora de mobilização do SLU, Efigênia Lustosa, explica que a meta orientar motoristas sobre essa mudança. De acordo com o último levantamento, apenas 470 haviam feito o cadastro até esta quinta-feira (10). Um número pequeno, considerados os mais de 2,5 mil veículos ativos que prestam esse serviço no DF.

“Muitos motoristas, inclusive, já estavam sabendo da mudança. Colocamos faixas com a informação na entrada, tiramos dúvidas e alertamos sobre a importância de eles se atualizarem”, informou a coordenadora.

A equipe do SLU também esteve com o presidente da Associação das Empresas Coletoras de Entulho e Similares do Distrito Federal (Ascoles), Eber Rossi, que se comprometeu a ajudar na divulgação.

Para o presidente do SLU, Sílvio Vieira, o sistema vem contribuir com o trabalho dos próprios motoristas, além de reduzir o desperdício de papel.

“É sempre uma fila imensa ali na entrada da URE. Nosso objetivo é reduzir esse problema. A partir do dia 14 de fevereiro, nenhum caminhão vai poder entrar se não tiver esse novo cadastro e esse aplicativo. Fizemos um importante trabalho de orientação e divulgação, então é muito importante que todos estejam atentos a essa nova dinâmica. Além de agilidade, o sistema vai evitar o consumo de papel, pois não vamos mais emitir tíquetes, preservando o meio ambiente”, ressaltou.

*Com informações do SLU

Fonte: Agência Brasília

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar