Obras continuam a todo o vapor, mesmo no feriado

28 de fevereiro de 2022 12 visualizações
Postado 2022/02/28 at 4:17 PM
Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Nem mesmo o feriado do Carnaval fez com que as obras parassem no Distrito Federal. Nesta segunda-feira (28), locais como a Avenida Paranoá, os viadutos do Setor Policial e o Túnel de Taguatinga receberam mãos de obra o dia inteiro. Isso tudo tanto para seguir o cronograma estabelecido quanto para aproveitar a trégua dada pela chuva, que atrapalha o andamento das reformas e construções.

De acordo com o secretário de Obras, Luciano Carvalho, “nosso principal objetivo para 2022 é concluir todas as obras em andamento. Para isso, não podemos perder tempo. Máquinas e operários de nossas contratadas estão em ação, mesmo durante o feriado de Carnaval. Temos que aproveitar cada segundo sem chuva para evoluir com os serviços”, avisou.

A secretária-executiva de Obras, Janaina Chagas, também explicou a necessidade de trabalhar durante o feriado. “Fevereiro foi um mês muito chuvoso. Nossas obras em andamento foram bastante afetadas. O ritmo, infelizmente, acaba ficando mais lento e a população tem a impressão de que a obra parou. É importante destacar que o planejamento das obras é feito com base no clima de Brasília, com suas estações chuvosas e secas.”

No Paranoá, onde a Avenida Principal está sendo reformada desde o início desse mês, muitos trabalhadores estavam com a mão na massa. “Essa obra é de fundamental importância para a comunidade, pois vamos deixar tudo novinho. É uma demanda antiga da população, mas tem um pequeno transtorno com comerciantes do local, que reclamam que estamos atrapalhando o estacionamento deles. Porém, o local estava bem ruim. Para minimizar essa situação e aproveitar a estiagem, nós não paramos em nenhum dia do feriado”, diz o administrador regional, Sérgio Damasceno.

Gerente de loja, Somália Vieira, 41 anos, entende a importância da obra e pede paciência aos seus colegas comerciantes. “Com certeza, vai melhorar e todo mundo que reclama agora vai agradecer quando a obra estiver pronta. Teremos estacionamento e calçada de qualidade. Além disso, cadeirantes mal tinham como se locomover e vão passar a ter acessibilidade. Não podemos pensar só na nossa loja, mas nas pessoas como um todo.”

Moradora da região, a babá Josiane Ribeiro, 41 anos, também se mostra satisfeita com a obra. “Nós, pedestres, não tínhamos lugar para passarmos. Toda obra desgasta, tem barulho, poeira, mas no final todo mundo fica satisfeito”, comenta ela, que mora no Paranoá há oito anos.

Situação especial vive Agamenon da Silva, 36 anos. Ele é um dos responsáveis pela revitalização da avenida e é morador da região. “É gratificante, depois que tudo estiver pronto, saber que eu ajudei diretamente o lugar em que eu moro e tenho um carinho imenso”, pontuou. “Se mandarem eu trabalhar todos os dias, estou aqui. Sei da nossa importância para o Paranoá melhorar ainda mais e não tenho que reclamar de nada, pois estou ganhando o meu pão de cada dia para levar para casa”, completou. Aproximadamente 10 quilômetros da obra estão concluídos e a previsão de duração é de 12 meses. “Mas estamos tentando antecipar e entregar em outubro”, concluiu.

No Setor Policial

As obras nos dois viadutos na Estrada Setor Policial Militar (ESPM) também não pararam neste Carnaval. Engenheiro da construção, Gabriel Cardoso conta que essa ação é feita em duas partes: a estrutura dos viadutos e a pavimentação. “No momento, estamos mais concentrados na estrutura porque as chuvas vinham nos atrapalhando bastante com relação à pavimentação. Ainda tivemos um pequeno atraso porque houve uma revisão dos projetos, aditivos e equilíbrio.” O investimento inicial seria de R$ 8 milhões, mas passou para R$ 10.378.182,07.

“Quando estiver tudo pronto, é imensurável o número de pessoas que serão afetadas positivamente com esses dois viadutos. Eles vão levar para o Terminal Rodoviário da Asa Sul, vão melhorar todo o fluxo do trânsito no final da Asa Sul. Então, não dá para contar o número de pessoas que serão beneficiadas”, disse o engenheiro. Nesse feriado, que começou no sábado e vai até terça-feira (1º de março), 62 pessoas estão trabalhando nessa obra. “Não é uma obra simples e temos um cronograma a seguir”, explicou.

Atualmente, 55% de toda a obra estão prontos, sendo que, desse percentual, 75% são da parte de estruturação do viaduto. A previsão é de que os viadutos estejam completamente prontos no fim de junho ou início de julho. A parte da estrutura será entregue em meados de abril.

Outra obra que não parou foi a do Túnel de Taguatinga. Iniciada em 20 de julho de 2020, está programada para ser entregue à população em meados deste ano. O investimento do GDF no túnel é de R$ 275.744.558,87 e 65% das obras já foram executados.

Fonte: Agência Brasília

Compartilhar esse Artigo

Navegue