Opinião: Vamos praticar o desapego

2 de junho de 2022 400 visualizações
Postado 2022/06/01 at 10:20 PM

Quartel, já parou pra pensar na quantidade de vezes que sofremos por nos apegar a coisas e pessoas que nunca nos pertenceram de fato?

Já reparou que tudo que está em nossa vida, sempre “está e nunca “é” de fato nosso?

Por exemplo, eu estou feliz hoje, mas posso estar triste amanhã. Existe uma dinâmica clara quando o assunto são nossos sentimentos.

Isso significa que ser feliz, significaria ser a própria felicidade em estágio constante e eterno, o que faria de você um ser que jamais sentiria tristeza na vida.

O fato é que se a gente pudesse, faríamos todo um passo a passo de como gostaríamos que as coisas acontecessem em nossa vida! Mas, no mundo real, não é assim que as coisas funcionam.

Se algo sai do nosso controle, a gente se chateia! Se algo dá errado, a gente se apavora! Se um relacionamento chega ao fim, a gente falta morrer! Se alguém nos decepciona, o mundo vira de cabeça para baixo.

Estamos sempre acionando um alarme no nosso emocional quando alguém não faz ou age de acordo com aquilo que esperávamos e da forma que agiríamos.

Estamos sempre nos decepcionando por algo que sai do nosso controle ou sofrendo demais por coisas que nem aconteceram!

Ainda bem que já paramos para pensar sobre isso e muita gente acabou encontrando os responsáveis pelos apocalipses emocionais que temos na nossa vida: nós mesmos!

Depois que aprendi sobre isso, tudo na minha vida mudou, de verdade! Eu consegui entender que o problema real está nas nossas expectativas e na nossa parcela de responsabilidade de as situações.

Se algo sai do nosso controle, quem foi mesmo que gerou a expectativa de como tudo aconteceria? Se algo na nossa vida dá errado, quem foi que montou um script imaginando que tudo sairia exatamente como o “planejado”? Se um namoro acaba, quem é que se apegou e acabou perdendo a identidade nesse relacionamento ou ignorando as evidências claras do fracasso? Se alguém nos decepciona, quem é que projetou a perfeição no outro, imaginando que esse jamais seria capaz de nos magoar?

Sim, no fundo, você sabe! Somos os responsáveis por todo o sofrimento que está de passagem em nossas vidas.

Certa vez, ouvi um pensamento budista que fez tanto sentido que me fez ver a vida de uma forma completamente diferente.

“A origem de todo sofrimento é o apego”.

Nós temos mania de nos apegar a pessoas, coisas, emoções, lugares e sentimentos. E muitas vezes, não basta apenas nos apegarmos, a gente começa a depender do objeto de apego e assim o caos é instaurado em nossas vidas.

Então, que tal experimentar o desapego? Que tal não criar expectativas com absolutamente nada?

Você deve estar pensando! Que tal você nos falar como? E é para isso que o nosso Quartel está aqui! Para te ajudar a colocar o cropped e reagir dessa prisão que é o tal do “apego”!

Então, memoriza aí o que você começará fazer a partir de hoje:

1) Aprenda a viver só! Desenvolva sua solitude e aprenda a estar feliz sozinho! Isso não quer dizer que você deve ser um solitário, quer dizer que o real significado do tanto faz se estou só ou acompanhando deve ser real na sua vida!

2) Não gere expectativas e pronto! Encontrou alguém novo na sua vida? Então, deixe essa relação se desenvolver. Não apresse coisas ou sentimentos. Permita que eles aconteçam. Pare de forçar as coisas e alimentar essa imaginação fértil de como essa relação deveria funcionar!

3) Você precisará se acostumar com a ideia que nada é para sempre! Nem você é para sempre, imagina as coisas que você tem!

4) Criar uma rotina rica de coisas que te fazem bem é uma forma de você manter o foco em você. Aproveite esse tempo para se desenvolver, se conhecer e criar planos com você mesma.

5) Deixe ir! Nunca e jamais force ninguém a permanecer ao seu lado. As pessoas tem direito de irem embora! Foque em absorver o melhor das relações e deixe as pessoas livres para decidirem o que querem fazer! Você também iria gostar que os outros fizessem o mesmo certo?

Por Hisis Hortênia (QG Mulher)

Tag
Compartilhar esse Artigo
Pesquisar