Órgãos do DF e federais atuam em blitz contra incêndios florestais

2 de junho de 2022 346 visualizações
Postado 2022/06/02 at 10:54 AM
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Motoristas que circularem pela entrada principal do Jardim Botânico de Brasília (JBB) nesta sexta-feira (3) poderão ser convidados a parar em uma blitz diferente: uma ação de educação ambiental que busca orientar sobre como prevenir e combater focos de incêndio no período da seca no Distrito Federal. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e ocorre entre 8h e 12h. Cerca de 40 estudantes da Escola Classe Jardim Botânico também participam da abordagem.

A Secretaria do Meio Ambiente defende a participação da população na defesa da sustentabilidade ambiental e alerta para os cuidados necessários com a intensificação da seca | Fotos: Divulgação/Sema

A blitz educativa faz parte das atividades previstas anualmente no âmbito do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF) e será a primeira depois do isolamento social imposto pela pandemia da covid-19.

Para o secretário da Sema, Sarney Filho, a interação com os motoristas é uma importante fonte de informação para quem transita em regiões que, historicamente, são atingidas pelas chamas, geralmente próximas a áreas de conservação. “Estamos felizes por poder voltar às ruas, ainda seguindo medidas sanitárias como o uso de máscaras”, diz.

O secretário defende a participação da população na defesa da sustentabilidade ambiental e alerta para os cuidados necessários com a intensificação da seca. “Muitos dos incêndios registrados são de origem criminosa e, portanto, passíveis de punição. Assim, essas dicas servem à população como um todo, esteja na área urbana ou rural”, completa.

Para o diretor de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (DPCIF) Instituto Brasília Ambiental, Pedro Cardoso, a blitz orienta para que motoristas que sempre passam em frente às unidades de conservação possam alertar os bombeiros ou brigadistas florestais sobre a localização dos focos. Além disso, diz que a participação de crianças e adolescentes é uma forma para que possam aprender mais e compartilhar as informações junto à família.

Cerca de 40 estudantes da Escola Classe Jardim Botânico irão participar da blitz educativa

“É um evento de suma importância, que atinge muitas pessoas: quem está passando pela região ou quem mora nela. Quem vai receber a orientação vai saber como agir e como orientar alguém próximo sobre o uso do fogo, e isso nos ajuda bastante”, completa.

Além da Sema, participam da atividade o Instituto Brasília Ambiental, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), o JBB, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), a Marinha e a Aeronáutica.

Causas

Em sua participação na Feira AgroBrasília, no mês passado, o coronel Denilson da Silva Marques, do Grupamento de Proteção Ambiental do CBMDF, lembrou que é importante evitar usar o fogo com o objetivo de limpar áreas ou renovar pastos, por exemplo. “A maioria dos incêndios é causada por ações humanas que poderiam ser evitadas”, reforçou.

Para denunciar, ligue 193 (CBMDF) e (61) 99224-7202 no caso de incêndios nos parques ecológicos e unidades de conservação.

Fonte: Agência Brasília

Tag
Compartilhar esse Artigo
Pesquisar