Partido Novo aciona PGR e vê prevaricação de G. Dias

Ontem, Dias prestou esclarecimentos à Polícia Federal

22 de abril de 2023 385 visualizações
Postado 2023/04/22 at 7:59 AM
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Partido Novo pediu ontem à Procuradoria-Geral da República (PGR) a abertura de uma investigação criminal sobre a conduta do general da reserva Marco Gonçalves Dias, o G. Dias, ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 8 de janeiro.

O Diretório Nacional afirma que o general deve ser denunciado pelo crime de prevaricação – quando um servidor age movido por “interesse ou sentimento pessoal”.

“O ex-ministro atuou de maneira condescendente com os atos de vandalismo e de depredação do patrimônio público, inclusive conduzindo os invasores a outros locais ou à saída de alguns locais do Palácio do Planalto”, diz um trecho da representação do Novo.

G.Dias pediu exoneração depois de a CNN divulgar imagens que mostram que ele estava no Palácio do Planalto no dia da invasão. O vídeo registra o general circulando no andar do gabinete presidencial e indicando a saída do prédio aos invasores. Ontem, ele prestou esclarecimentos à Polícia Federal.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadão Conteúdo

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar