Pedreiro é profissional mais buscado em vagas de emprego nesta sexta

24 de fevereiro de 2022 425 visualizações
Postado 2022/02/24 at 8:08 PM
Na construção civil, são procurados profissionais para diferentes funções, com salários que variam entre R$ 1.221 e R$ 2,5 mil, mais benefícios | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

As agências do trabalhador encerram a semana com 181 vagas de emprego abertas. A profissão com mais oportunidades é a de pedreiro. Deverão ser contratadas 36 pessoas, com salários de R$ 1.804 e R$ 1.870, mais benefícios. Apenas uma delas exige profissional com experiência comprovada.

Ainda na construção civil, são procurados mestre, encarregado, ajudante de obras e carpinteiro, totalizando 17 vagas. Os salários variam entre R$ 1.221 e R$ 2,5 mil, mais benefícios.

Bares, lanchonetes e padarias também contratam. São três vagas para atendente de cafeteria, duas para atendente de lanchonete, duas para chapista, duas para cozinheiro, duas para cumim, a mesma quantidade para garçom, uma para padeiro e mais três para pizzaiolo. Os salários variam entre R$ 1.212 e R$ 1.510, mais benefícios.

Na tabela ainda aparecem profissões pouco frequentes, como é o caso de extrusor de fios ou fibras de vidro, profissional que opera máquina de fundir vidro. Há uma oportunidade, com remuneração de R$ 1.356, mais benefícios.

Os interessados em qualquer uma das vagas podem cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou, ainda, ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana.

Mesmo que nenhuma das oportunidades do dia seja atraente ao candidato, ele pode se cadastrar para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejarem ofertar vagas ou, ainda, utilizar o espaço das agências do trabalhador para as entrevistas, pode se cadastrar pessoalmente nas unidades e pelo aplicativo Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento através do e-mail [email protected]. Há, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Trabalho.

Fonte: Agência Brasil

Tag
Compartilhar esse Artigo
Pesquisar