Professores negociam com o GDF, mas a  greve continua 

Uma nova reunião está marcada para a próxima quarta-feira (17) para apresentar a primeira proposta do Governo ao setor

10 de maio de 2023 360 visualizações
Postado 2023/05/10 at 3:35 PM
Foto: TV Globo

A greve dos professores completou sete dias nesta quarta-feira (10) e representantes do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) e do Governo do Distrito Federal (GDF) se reuniram pela primeira vez. O encontro oficializou a reabertura das negociações em relação ao piso salarial e a reestruturação da carreira. O Sinpro-DF informou que o GDF se comprometeu a apresentar uma proposta para a próxima quarta-feira (17).

Segundo um dos diretores do Sinpro-DF, Samuel Fernandes, o GDF teria feito um levantamento para mostrar “as limitações orçamentárias” nos setores. Mesmo com essa movimentação, Samuel contou que a greve deve continuar enquanto não haja uma proposta que atenda às reivindicações solicitadas. A equipe de reportagem tentou contato com a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SES-DF) para entender quais medidas serão tomadas, porém até o momento, não tivemos  retorno. 

Amanhã, quinta-feira (11), às 9h30, a associação fará mais uma assembleia geral no estacionamento da Fundação Nacional de Artes (Funarte). O setor protesta pela falta de reajustes salariais que estariam 4,3% abaixo do piso mínimo adotado no Brasil. A diferença seria de R%191,99. 

Com a paralisação, a Procuradoria Geral do Distrito Federal (PGDF) chegou a formalizar um pedido para a volta imediata dos professores com direito a multa de R$300 mil por dia de descumprimento. O órgão, em nota no dia 4 de maio, disse que esperava que o “bom senso prevaleça”.

Tag
Compartilhar esse Artigo
Pesquisar