Setor de serviços em São Paulo cresceu 17% em 2021

15 de março de 2022 10 visualizações
Postado 2022/03/15 at 5:30 PM
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O faturamento do setor de serviços na cidade de São Paulo cresceu 17,5% no ano passado em comparação ao ano de 2020. É o que mostra a Pesquisa Conjuntural do Setor de Serviços, divulgada hoje (15) pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). A pesquisa utiliza informações baseadas nos dados de arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) da cidade de São Paulo.

Uma das explicações para o crescimento é o fato do ano de 2020 ter sido fortemente impactado pela pandemia de covid-19, sem crescimento, e de 2021 ter marcado o início de recuperação para alguns setores. Segundo a Fecomercio, as atividades mais impactadas pela pandemia são as que dependem da maior circulação de pessoas, tais como o turismo, o lazer e alguns segmentos da indústria, que foram afetados pelo desabastecimento das cadeias produtivas.

Dezembro

Considerando-se apenas o mês de dezembro, as atividades do setor cresceram 9,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior, com faturamento de R$ 60,3 bilhões.

Do 13 segmentos que compõem o indicador, apenas dois apresentaram queda em faturamento no mês de dezembro: agenciamento, corretagem e intermediação (-1,2%) e serviços bancários, financeiros e securitários (-8,9%). Já os serviços de turismo, hospedagem, eventos e assemelhados cresceram 78,7% em dezembro.

Para a FecomercioSP, o cenário para este ano ainda é de incertezas, não somente pela pandemia, mas por causa da alta dos juros, pela inflação elevada e pela instabilidade política.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo

Navegue