Sudão tem mais de 700 mil deslocados desde o início da guerra

Combates têm atingido principalmente a capital Cartum

9 de maio de 2023 376 visualizações
Postado 2023/05/09 at 1:53 PM
Foto: Mahamet Ramdane

Muitas pessoas continuam a deixar o Sudão desde o início da guerra civil que tem afetado principalmente a capital Cartum. Apesar de negociações para um cessar-fogo na Arábia Saudita, mais de 700 mil pessoas já saíram do país.

A capital sudanesa continua a ser assolada por ataques aéreos e combates em seu território e vários bairros encontram-se completamente vazios.

Com população de mais de 5 milhões de pessoas, muitas já fugiram desde o início da guerra civil, em 15 de abril.

Habitantes que continuam na cidade continuam a relatar tiroteios procedentes de todas as direções e dizem que muitos ataques aéreos estão ocorrendo perto do aeroporto internacional da capital sudanesa.

Mais de 600 pessoas morreram e 5 mil estão feridas. Outras cidades também registram combates.

“Muitas pessoas que não são daqui estão com familiares, enquanto outras estão em escolas, mesquitas e edifícios públicos”, disse o porta-voz das Nações Unidas para as Migrações, Paul Dillon, acrescentando que muitas estão sem dinheiro e bens essenciais.

As Nações Unidas alertam sobre o número de pessoas que fogem todos os dias e que pode subir caso os combates não cessem.

Enquanto a capital sofre, estão sendo mantidas negociações na Arábia Saudita para tentar um cessar-fogo.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar