Transporte público é ampliado em núcleos rurais de Planaltina

Linhas 0.649 e 628.2 passam a atender os passageiros da Quintas do Rio Maranhão e do Itapeti

22 de junho de 2024 58 visualizações
Postado 2024/06/22 at 9:47 AM
Foto: Reprodução

Os passageiros que moram em áreas rurais de Planaltina terão ampliadas as opções do transporte público coletivo a partir desta segunda-feira (24). As linhas 0.649 e 628.2, operadas pela empresa Piracicabana, vão passar a atender os núcleos rurais Quintas do Rio Maranhão e Itapeti, respectivamente.

A Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF (Semob) faz os ajustes após solicitação de usuários das duas localidades. “Estamos sempre monitorando as operações para otimizar as linhas de ônibus e fazer as intervenções necessárias para melhorar o transporte público coletivo”, explica o titular da pasta, Zeno Gonçalves.

A 0.649 faz o trajeto circular entre a Rodoviária de Planaltina e o Núcleo Rural Palmeiras. O serviço funciona todos os dias da semana, com três horários, e tarifa de R$ 5,50.

Já a 628.2, cuja origem também é no terminal da região, faz o percurso passando pelos núcleos rurais Cariru, Buriti Vermelho e Café sem Troco, no Paranoá. A linha funciona todos os dias da semana, com três viagens. O preço da passagem é R$ 5,50.

Café sem Troco

Também a partir desta segunda, os passageiros do Café sem Troco, no Paranoá, terão mais um horário (4h30) na linha 190.3 aos dias úteis, com origem no terminal de São Sebastião. Atualmente, essa linha faz três viagens (5h, 12h45 e 18h50) todos os dias da semana.

A população pode registrar solicitações de ampliação de horários e de itinerários das linhas do sistema de transporte coletivo no site do Participa DF, no número 162 ou nas administrações regionais.

“Todas as manifestações que recebemos por meio da Ouvidoria e também por meio das administrações regionais são analisadas juntamente com os dados técnicos levantados pela equipe que monitora as linhas no sistema”, afirma o secretário de Transporte e Mobilidade do DF. 

*Com informações da Semob

Fonte: Agência Brasília

Tag
Compartilhar esse Artigo
Pesquisar