Unidade móvel do Na Hora faz 2,5 mil atendimentos em Samambaia

5 de março de 2022 8 visualizações
Postado 2022/03/05 at 12:01 PM
Foto: Divulgação/Sejus

A unidade móvel do Na Hora Mais Perto do Cidadão realizou 2.500 atendimentos em Samambaia, primeira cidade do Distrito Federal a receber o projeto, entre 21 de fevereiro e 4 de março. O serviço mais procurado foi a emissão das 1ª e 2ª vias da Carteira de Identidade, com cerca de 800 atendimentos, incluindo os agendamentos. Em seguida, estão Detran-DF, Secretaria de Desenvolvimento Social e INSS. Também estavam presentes, com seus serviços, os parceiros: Caesb, Neoenergia, Secretaria de Economia e Procon.

“A estreia da carreta do Na Hora foi um sucesso. Alçamos o nosso objetivo de levar para os moradores de Samambaia atendimento de qualidade, eficiente e perto de casa. Antes do motor esfriar, já estamos organizando o próximo destino da unidade móvel”, destacou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

A próxima cidade a receber a carreta do Na Hora é Ceilândia, no Sejus Mais Perto do Cidadão – Edição especial de Dia da Mulher, na segunda-feira (7), das 10h às 17h, na Praça dos Direitos de Ceilândia (QNN 13 – Próximo à Biblioteca Pública da cidade).

O projeto foi criado para atender prioritariamente as Regiões Administrativas que não possuem unidades fixas do Na Hora, distribuídas atualmente pelo Plano Piloto (Rodoviária e Perícia Médica Federal), Taguatinga, Ceilândia, Sobradinho, Gama, Riacho Fundo e Brazlândia. “A unidade móvel realmente significa que o Na Hora está mais perto do cidadão, levando serviços públicos, cidadania e garantia de direitos a quem mais precisa do governo”, completou Passamani.

A aquisição da carreta foi concretizada no final de 2021 e faz parte de uma série de ações do Governo do Distrito Federal (GDF) para modernizar e melhorar a prestação dos serviços do Na Hora. A unidade móvel conta com 14 pontos de atendimento; um ponto de autoatendimento; porta com elevador de acessibilidade; banheiro e copa para uso dos servidores; uma sala de TI; gerador com autonomia de seis horas; ar-condicionado em toda a unidade; além de mobiliários e equipamentos modernos.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania

Fonte: Agência Brasília

Compartilhar esse Artigo

Navegue