YouTube Music ganha busca para achar músicas que você cantarola ou assobia

27 de maio de 2024 78 visualizações
Postado 2024/05/27 at 9:57 AM
Imagem: GettyImages

O serviço de streaming YouTube Music começou a receber um novo recurso no aplicativo da plataforma para Android. A novidade é uma busca de música por voz que encontra canções com base em melodias cantaroladas, assovios ou trechos da letra.

Com a função, o usuário encontra em poucos segundos a canção que estava há dias na sua cabeça, porém sem saber o nome ou o artista para além de uma sequência ritmada de ruídos como “hums” ou “lalala”.

    A implementação está sendo lançada para a versão 7.02 do aplicativo no Android e, por enquanto, não há indícios de um lançamento parecido no iOS.

    A nova busca do YouTube Music no app para Android. (Imagem: 9to5Google/Reprodução)A nova busca do YouTube Music no app para Android. (Imagem: 9to5Google/Reprodução)Fonte:  9to5Google/Reprodução

    Para fazer a pesquisa, basta tocar no ícone de ondas sonoras que fica ao lado do símbolo de microfone, onde as as buscas tradicionais por voz são feitas. Em seguida, basta cantarolar ou assobiar e aguardar o resultado.

    Com ajuda de inteligência artificial (IA) para encontrar o melhor resultado, o serviço exibe informações completas sobre a canção que mais se parece com o seu áudio. O app exibe então detalhes como artista, álbum, ano de lançamento e um botão para você reproduzir a música na hora.

    Recurso já existe em outros apps e plataformas

    A função de encontrar músicas ao cantarolar ou assobiar um trecho já é relativamente antiga. Sites como o Midomi e o aplicativo Shazam já faziam algo parecido há anos, identificando melodias e palavras.

    Essa pesquisa já estava presente dentro do Google Assistente ao menos desde 2020. Além disso, no ano passado, o próprio YouTube testou esse mesmo recurso, porém no app de vídeos.

    A adição do recurso ao YouTube Music só reforça que o Google agora aposta nesse aplicativo como a sua principal plataforma de streaming de áudio, incluindo músicas. Recentemente, a big tech desativou o Google Podcasts para priorizar apenas esse aplicativo como nativo do seu ecossistema.

    Fonte: Tecmundo

    Compartilhar esse Artigo
    Pesquisar