bombeiro militar é preso por violência doméstica.

31 de março de 2022 10 visualizações
Postado 2022/03/31 at 10:25 AM
Delegado Ataliba Neto - Assessoria de Comunicação/PCDF

Na noite de ontem, a PCDF, através da 38ª DP, deflagrou nova fase da operação SKADI e prendeu em flagrante um major reformado do CBM/DF pelos crimes de violência doméstica e injúria praticados contra sua companheira.

Segundo apurado, o autor, um homem de 72 anos de idade, convive maritalmente com a vítima, uma mulher de 36 anos de idade, há cerca de 15 anos e, após ser questionado para onde estava saindo, passou a injuriar a vítima e a agrediu fisicamente, causando-lhe lesões corporais em seus braços.

Ao perceberem a briga do casal, seus vizinhos acionaram a 38ª Delegacia, tendo os agentes de plantão ido até o local e efetuado a prisão do agressor.

O autor foi conduzido para a 8ª DP onde foi autuado em flagrante pela prática dos crimes de lesão corporal e injuria e injúria, em situação de violência doméstica e familiar contra a mulher. Somadas, as penas de tais delitos superam os 3 anos de prisão.

Foi arbitrada fiança ao autor no valor de 1.200,00, a qual foi recolhida, tendo ele sido colocado em liberdade.

A vítima requereu medidas protetivas contra o autor, as quais serão apreciadas pelo Poder Judiciário.

A vítima já havia registrado na DEAM I ocorrência policial contra o autor no dia 15/03/2022 pelos crimes de injuria, ameaça e violência psicológica.

O autor ainda é investigado pela prática de injuria, ameaça e importunação sexual praticados contra a filha da vítima, uma mulher de 19 anos de idade, a qual registrou ocorrência contra ele naquela mesma delegacia especializada, fatos que teriam se iniciado quando ela contava com 11 anos de idade.

Assessoria de Comunicação/PCDF
Assessoria de Comunicação/PCDF

Fonte: Assessoria de Comunicação/PCDF

Compartilhar esse Artigo

Navegue