Brasil volta a ser um dos 10 maiores mercados de tecnologia do mundo

13 de abril de 2024 92 visualizações
Postado 2024/04/13 at 9:26 AM
Foto: GettyImages

O Brasil aparenta ter voltado a ser um dos top 10 maiores mercados de tecnologia em 2023, apontam dados da consultoria IDC. As informações partem do relatório “Estudo Mercado Brasileiro de Software — Panorama e Tendências 2024”, revelado na quinta-feira (11) pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES).

De acordo com o levantamento, o movimento do mercado local correspondeu a US$ 50 bilhões em 2023 — ultrapassando a Coreia do Sul e a Itália. O número então coloca o Brasil entre as 10 potências globais.

A pesquisa detalha a distribuição dos valores investidos; confira:

  • US$ 15 bilhões (30%) foram para o mercado de software;
  • US$ 10,9 bilhões (22%) foram para o mercado de serviços;
  • US$ 23,9 bilhões (48%) foram para o mercado de hardware.

Os valores registrados no levantamento mostram que o Brasil está em direção à média global em todas as áreas: 31% em software, 26% em serviços e 43% em hardware.

“Nos últimos anos, verificamos esse movimento da queda da participação de hardware nos investimentos totais de TI, demonstrando que a base de hardware já vem atingindo sua maturidade”, pontuou o conselheiro da ABES e responsável pelo estudo, Jorge Sukarie Neto, “Por outro lado, vimos os investimentos em Software e Serviços crescerem e pela primeira vez desde que começamos o Estudo, em 2004, com a soma dos investimentos em Software e em Serviços, superando os investimentos em Hardware, mostrando o avanço que o Brasil teve no grau de maturidade de seus investimentos em TI”, continuou.

Brasil deve continuar crescendo

Segundo a pesquisa, a tendência é que o crescimento do Brasil no setor chegue a 6%, enquanto o mercado global vai para 7,4%. Os indicadores são significativamente maiores do que os registrados para 2023.

O estudo aponta a movimentação em setores específicos, como redes privativas, internet das coisas (IoT), cibersegurança e inteligência artificial (IA). Segundo o documento, o investimento em cibersegurança alcançou US$ 1,7 bilhão, enquanto IA ainda caminha em estágios iniciais no país, prevendo o dobro de investimentos em 2024.

A prévia do estudo está disponível para download no site oficial da ABES. Para baixá-lo, é necessário fornecer informações pessoas como nome, e-mail e nome da corporação em que trabalha.

Fonte: TECMUNDO

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar