Governo promove debate sobre efeito da pandemia nas escolas privadas

7 de junho de 2022 405 visualizações
Postado 2022/06/07 at 8:39 PM
© Studio Formatura/Galois

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em parceria com o Sindicato de Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe-DF), realiza entre os dias 8 e 10 de junho uma série de debates acerca da gestão escolar empreendedora. O objetivo é continuar ajudando escolas privadas a superarem a crise econômica ocasionada pela pandemia da covid-19.

“Esses debates são fundamentais para encontrarmos soluções rápidas e assertivas para retomar o crescimento econômico dessas escolas após esse período de pandemia”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico Jesuíno Pereira.

Nos debates, especialistas, representantes do governo e empreendedores compartilharão seus conhecimentos e aprendizados em busca de um planejamento para a educação dos próximos anos. “Vamos buscar capacitação e profissionalização de gestores de escolas com esses debates”, diz Ana Eliza Dumont, presidente do Sinepe-DF.

“Essa aproximação entre o setor privado e público é de extrema importância. Em países como Finlândia, Chile e outros já existem ações nesse formato que visam o aprimoramento dessas relações e que envolvem também o aspecto pedagógico”, exemplifica.

“A SDE se aproximou muito do segmento educacional privado por conta de dois grandes programas dos quais temos participação: Cartão Creche e Cartão Material Escolar. Ambos os programas injetam quase R$ 75 milhões anualmente no segmento de educação privada do DF”, afirma Danillo Ferreira, subsecretário de Fomento ao Empreendedorismo.

“Queremos estreitar ainda mais esse relacionamento com o setor e, assim, podermos dar nossa contribuição para a melhoria do ensino em nossa cidade”, acrescenta o subsecretário, que na quarta-feira (8) participa da live sobre o tema “Educação inclusiva e empreendedora, como inovar no processo de ensino de aprendizagem”.

A programação completa pode ser conferida na conta da SDE no Instagram.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do DF

Fonte: Agência Brasília

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar