Unidade de Planaltina mantém certificação de Hospital Amigo da Criança

No DF, rede pública de saúde tem dez locais reconhecidos pelo Ministério da Saúde

19 de julho de 2023 372 visualizações
Postado 2023/07/19 at 1:53 PM
Foto: Tony Winston/Agência Saúde

Quem passa pelos corredores do Hospital Regional de Planaltina (HRPl) facilmente consegue ver nas paredes informativos com os dez passos para o aleitamento materno. A informação não é apenas um cartaz, mas parte das exigências cumpridas para ter o credenciamento na Iniciativa de Hospital Amigo da Criança (IHAC), habilitação concedida pelo Ministério da Saúde.

Para manter o título, o HRPl conta com o trabalho desenvolvido por uma comissão permanente. O grupo de servidores tem a finalidade de apoiar o aleitamento materno e promover a saúde integral da criança e da mulher, incentivando práticas como a assistência humanizada, escolha da posição no momento do parto, acompanhamento do filho durante a internação e o direito da gestante de ter um acompanhante antes, durante e após o parto, por exemplo.

A técnica em enfermagem Tatiane Vitorino atua na maternidade e destaca o papel fundamental da iniciativa para a assistência realizada na unidade hospitalar. “A comissão visa, principalmente, o bem-estar e a saúde dos pacientes, levando conhecimento às mães e aos pais sobre aleitamento materno”, afirma a profissional, que integra a comissão permanente há um ano.

Reconhecimento

O selo de qualidade destina-se aos hospitais que cumprem os dez passos para o sucesso do aleitamento materno instituídos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), além de atender à Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças na Primeira Infância (NBCAL). Para o credenciamento, é necessário também dar acesso livre aos pais de bebês graves ou potencialmente graves, seguindo os Cuidados Amigo da Mulher, que é o direito ao acompanhante de livre escolha em todas as etapas do parto.

O HRPl tem a habilitação desde 1996 e a última avaliação ocorreu em 2022. “Além da comissão bem abrangente, outro diferencial para a habilitação foi a direção do hospital, que esteve envolvida e apoiou a iniciativa. A atuação dentro dos critérios da IHAC tem que ser trabalhada no dia a dia”, enfatiza a presidente da comissão permanente, Fernanda Viana.

A avaliação para o credenciamento ocorre a cada três anos. Mas, anualmente, a unidade hospitalar monitora o cumprimento dos critérios de forma efetiva. Disponibilizar treinamento também faz parte das obrigações que o reconhecimento exige. As capacitações ocorrem de forma presencial e à distância. Em junho, por exemplo, foi realizado um curso presencial abordando questões relacionadas à mãe e ao bebê.

Uma das participantes foi a enfermeira Bárbara Caixeta. “Através do conhecimento fornecido durante o curso, os servidores tornam-se multiplicadores do conhecimento e isso leva melhorias ao cidadão”, elogia.

O hospital reconhecido com o selo de qualidade recebe mais recursos federais. O valor derivado do título Hospital Amigo da Criança é proporcional ao número de partos ocorridos. O HRPl realizou mais de 900 partos até maio deste ano.

Além de Planaltina, o Centro de Parto Normal de São Sebastião renovou a certificação. São ainda Hospitais Amigo da Criança: as unidades regionais da Asa Norte (Hran), de Brazlândia (HRBz), de Ceilândia (HRC), do Gama (HRG), de Sobradinho (HRS), e de Taguatinga (HRT) e o Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), além do Hospital Universitário de Brasília (HUB), que tem pactuações com a Secretaria de Saúde (SES-DF) para realizar partos.

Equipe multidisciplinar

O trabalho da comissão é feito por uma equipe composta por profissionais de diversos setores, como enfermagem, ginecologia e obstetrícia, maternidade, neonatologia, centro obstétrico, núcleos de nutrição e dietética, banco de leite, qualidade e segurança do paciente, além das áreas de serviço social, nutrição e gerência de assistência multidisciplinar e apoio diagnóstico.

Para a nutricionista Marina Biaggini, as ações da comissão refletem também na qualificação profissional. “A IHAC é desafiadora porque é um trabalho que envolve toda a equipe do hospital, além de fazer com que estejamos sempre buscando atualizações e aperfeiçoamento no trabalho”, declara.

A médica e chefe do Banco de Leite Humano do HRPL, Cláudia Oliveira, afirma que os integrantes do grupo se encontram uma vez por mês para buscar soluções conjuntas. “A comissão é um espaço de debates com outras áreas. Dessa forma, é possível alinhar e padronizar questões do dia a dia que ocorrem nos atendimentos. Isso melhora e acelera a informação, é uma troca de conhecimento”, explica. Os membros atuam de forma voluntária.

Serviço

Um dos serviços da IHAC para a população é a possibilidade de realizar uma visita ao bloco materno-infantil do HRPl. A visita deve ser agendada na Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, onde a gestante faz o pré-natal, e com a comissão permanente. Dúvidas sobre a visita podem ser sanadas pelo telefone (61) 2017-1350 ramal: 1256. Para outras informações, acesse aqui.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasília

Compartilhar esse Artigo
Pesquisar