Ucrânia pode abandonar intenção de integrar Otan, diz embaixador

14 de fevereiro de 2022 11 visualizações
Postado 2022/02/14 at 10:19 AM

A Ucrânia pode abandonar a intenção de ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) para evitar confronto militar com a Rússia, disse hoje (14) o embaixador ucraniano no Reino Unido, Vadym Prystaiko.

Em declaração à BBC, o embaixador afirmou que seu país seria “flexível” quanto ao objetivo de ingressar na Aliança Atlântica, acrescentando que a Ucrânia é um país “responsável”, após o presidente russo, Vladimir Putin, ameaçar entrar em conflito armado.

“Podemos (não aderir), especialmente se ameaçados assim, intimidados assim”, respondeu Prystaiko à pergunta se Kiev mudaria a posição de integrar a Otan.

A Ucrânia não é membro da Aliança Atlântica, mas manifestou interesse em entrar na organização militar ocidental, decisão vista como linha vermelha para o Kremlin.

A tensão entre Kiev e Moscou aumentou desde novembro passado, depois de a Rússia ter enviado mais de 100 mil soldados para região próxima à fronteira ucraniana, o que fez disparar alarmes na Ucrânia e no Ocidente, que denunciou  preparativos para invasão da ex-república soviética.

Em dezembro, a Rússia exigiu garantias de segurança obrigatórias dos Estados Unidos e da Otan para impedir que a Aliança Atlântica se expandisse mais para o leste e implantasse armas ofensivas perto de suas fronteiras.

Moscou escreveu recentemente carta a todos os países-membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (Osce), pedindo que se posicionassem sobre o que entendem por segurança indivisível na Europa.

Apesar dos esforços diplomáticos, a diminuição da escalada militar e da tensão não foi alcançada até agora.

A Rússia alega que tem o direito soberano de estacionar tropas em qualquer lugar de seu território e, por sua vez, denuncia o fornecimento massivo de armas à Ucrânia pelo Ocidente.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar esse Artigo

Navegue